.

.

sábado, 23 de abril de 2016

Projeto Gerações de Vôlei de Praia movimenta a praia do Perequê-açu

Por: Melissa Schirmanoff 22 de Abril de 2016 às 16:00   Quem circula pela praia do Perequê-açu nas tardes de sábado se ... thumbnail 1 summary



Por: Melissa Schirmanoff
22 de Abril de 2016 às 16:00
 
Quem circula pela praia do Perequê-açu nas tardes de sábado se depara com ninguém mais ninguém menos que Antonio Carlos Campos Correa, conhecido como “Dalua”............




......renomado professor e técnico de voleibol de praia, orientando jovens a se profissionalizarem nesse esporte em Ubatuba através do Projeto Gerações de Vôlei de Praia.
Ele se estabeleceu recentemente na cidade e, com seu próprio material e a princípio, voluntariamente, dedica-se ao desenvolvimento de um trabalho de base, aperfeiçoamento e treinamento de alto nível da modalidade esportiva.
Sem emprego, trazendo apenas na bagagem a experiência, vontade, compromisso e muita disposição, Dalua saiu de Mato Grosso do Sul, como mais uma vítima do desemprego oriundo da crise da sociedade atual, acreditando encontrar nesta cidade, material humano e apoio para lançar Ubatuba no cenário nacional e internacional também nesta categoria, o vôlei de praia, tão em evidência no mundo todo.
Os treinamentos estão sendo realizados aos sábados na praia do Perequê - Açu, à partir das 16:30 horas, com apoio da ONG + Luz, que organizou o uso do espaço. O  Diretor da Ong,  Fabio Ogawa, busca com aos empresários locais, patrocínio para a remuneração do técnico.
Dalua se encantou com a beleza da cidade e com o acolhimento recebido. Acredita no potencial dos atletas que estão treinando e espera que esta modalidade seja logo reconhecida no município.
Vale mesmo a pena conferir seu trabalho. Apreciar as crianças. Observar o quanto o Projeto Gerações de Vôlei de Praia tem potencial e precisa de financiamento para não “morrer na praia”.
O jornal A Cidade apoia Dalua na divulgação de seu trabalho, no crescimento do seu Projeto e dos jovens que com ele ascenderem no esporte.

Compartilhado do Jornal A Cidade  Ubatuba

Nenhum comentário

Postar um comentário