.

.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Primeira turma do curso de panificação do Gaito de Ubatuba celebra formatura

Atividade integra programa “Famílias em Ação”, realizado em convênio com a Prefeitura de Ubatuba O prefeito Mauricio de Ubatuba e a... thumbnail 1 summary

Atividade integra programa “Famílias em Ação”, realizado em convênio com a Prefeitura de Ubatuba

O prefeito Mauricio de Ubatuba e a Secretária Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social, Mari Ângela Bezerra, estiveram presentes na festa de formatura das nove alunas da primeira turma do curso de Panificação do Gaiato, realizada em 2 de junho, na sede da entidade, no bairro do Ipiranguinha. Cada formanda recebeu um certificado e um livro com as receitas  aprendidas no curso e outras.






O curso é gratuito e integra as atividades realizadas na região Oeste como parte do convênio estabelecido entre a entidade e a Prefeitura de Ubatuba para execução do programa Famílias em Ação. Por meio de oficinas práticas e de debates, o programa propicia vivências que ajudam a fortalecer os vínculos dentro de cada família e também na comunidade.
“Esse trabalho ajuda a prevenir situações como a violência, o uso de drogas ou o abandono, que levam à institucionalização de crianças, adolescentes, jovens e idosos”, explica Mari Ângela.
Em geral, as participantes do curso são mães de crianças e adolescentes que frequentam os mais de dez tipos diferentes de atividades promovidas pela entidade. As alunas da primeira turma vieram dos bairros do Ipiranguinha, Horto, Morro das Moças, além do Perequê-Açu.
“O curso foi muito bom e já está me rendendo um dinheirinho”, conta Mariúcha. Já Silvalina destaca que é o primeiro curso que faz e já aprendeu a fazer pão integral e outros lanches. “Agora estou vendendo pão de batata para os vizinhos além de produzir para os chás de mulheres na Igreja”, explica Tatiana.
A professora do curso, dona Edna, é considerada excelente por todas. E todas as alunas destacaram a amizade que a experiência do curso proporcionou. “Para mim é muito bom poder ajudar as outras pessoas. É a primeira vez que dou o curso de panificação. Também dou aulas de mosaico.  Não tem preço a sensação de ver como uma pessoa pode, por exemplo, resgatar suas vivências e saberes que pensavam estar perdidos na memória”.
“Os resultados foram imediatos: os vínculos com a entidade e entre as mulheres foram fortalecidos”, observa Ana Meirelles, assistente social do Gaiato.
O curso de panificação acontece todas as sextas-feiras. A segunda turma já está em funcionamento e conta com 20 mulheres e um homem. Ana explica que a terceira já tem até lista de espera. Os participantes do curso souberam da atividade seja por encaminhamento da secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social, ou por demanda espontânea, isto é, buscaram diretamente a entidade.
 “Contribuir com o aumento do conhecimento técnico ajuda na geração de trabalho e renda para as comunidades. Promover o encontro entre a comunidade fortalece a troca de conhecimentos e os laços de amizade. Isso significa cuidar de gente na prática”, destaca o prefeito Mauricio.
---------------------

Nenhum comentário

Postar um comentário