.

.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

UNIDADE DE SAÚDE SUMARÉ PROMOVE O " DIA D " DE OUTUBRO ROSA

Cerca de 70 pessoas participaram da atividade do “Dia D” do Outubro Rosa realizada pelo ESF Sumaré, na região central da cidade, na ... thumbnail 1 summary



Cerca de 70 pessoas participaram da atividade do “Dia D” do Outubro Rosa realizada pelo ESF Sumaré, na região central da cidade, na tarde desta quarta-feira, 19. O objetivo do evento, assim como o do mês todo, é conscientizar homens e mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama.




O local foi todo enfeitado pela equipe da unidade de saúde, que também se empenhou na aquisição de brindes e realização de um lanchinho para receber a população –  em sua maioria mulheres –  a fim de promover essa conscientização para a realidade atual da incidência do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. O comparecimento também foi reflexo da atuação dos funcionários, que se empenharam na divulgação do evento.
A enfermeira Ruth falou um pouco sobre a realização do autoexame e explicou sobre as faixas etárias de maior incidência, destacando que homens e crianças também podem ser vítimas da doença. “O melhor sempre é a prevenção. Se diagnosticar no início, a chance de cura é muito grande”, completou a enfermeira.
A médica da Unidade, Dra. Alessandra, comentou sobre um diagnóstico de câncer mamário masculino na Unidade de Saúde que, devido à realização de exame, foi descoberto e encaminhado para tratamento.

FONTE................PREFEITURA  DE UBATUBA
Entretanto, ela alertou que não basta somente ir ao médico, realizar a retirada de possíveis tumores ou até mesmo passar por mastectomia (retirada dos seios) se não modificar o estilo de vida. “As doenças aparecem em consequência de uma história de vida porque o nosso corpo responde às nossas emoções e os nossos hormônios são os primeiros que mudam. Como o câncer de mama depende da parte hormonal também, a nossa emoção comanda muita coisa. A gente guarda mágoa, guarda rancor… sabemos tudo na teoria, mas não sabemos se na pratica é isso mesmo que acontece”, alertou a médica.
Ela passou um vídeo sobre as influências de palavras e vibrações positivas e negativas sobre as moléculas de água, promovidas por um cientista japonês, e traçou um paralelo com o cotidiano, pois o corpo do ser humano é 70% formado por água.
Em seguida, a educadora física do Nasf – Núcleo de Apoio à Saúde da Família, Luiza Fonseca, promoveu um alongamento com todos os presentes e destacou a importância da atividade física como forma de prevenção. “A prevenção do câncer também pode ser feita através da realização de atividade física e de uma boa alimentação”, apontou.
Para Marinanda Gomes de 43 anos, moradora do bairro Ipiranguinha, ações como esta são muito importantes. Ela que estava acompanhando suas amigas, disse que sempre realiza os exames preventivos na unidade de saúde do seu bairro. Maria de Oliveira, com seus 74 anos, também fez questão de participar da iniciativa, ressaltando que a importância da prevenção.
A jovem Indiana Santos de 19 anos, foi representando a mãe, que sempre realiza exames na unidade Sumaré, mas estava trabalhando. Ela, mesmo jovem, garantiu que está começando a se cuidar agora. Janete Maria Silva, de 59 anos, afirmou que tem o hábito de se cuidar. “Tem pessoas que ainda tem vergonha de se apalpar e se conhecer. Deixo um recado para elas: se cuidem e se amem”, aconselhou.
Utilidade Pública
Vá até a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência para conferir os dias e horários em que são realizados os exames preventivos de câncer de mama e câncer de colo de útero. Na ESF Sumaré é preciso agendar um horário. Os exames acontecem às quartas-feiras na parte da manhã e às quintas-feiras durante todo o período (manhã e tarde).
 Balanço da Prefeitura de Ubatuba
Em 2013, havia mais de 2 mil mulheres esperando para realizar o exame de mamografia. Em outubro de 2013, aniversário da cidade e mês do “Outubro Rosa”, foram realizados mais de 800 exames de uma só vez em mutirão. Após esse evento, o exame passou a ser terceirizado a fila foi diminuindo aos poucos. Atualmente a demanda está em dia, ou seja, não há fila para realizar o exame

Nenhum comentário

Postar um comentário