.

.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Programe-se para o II Encontro Sem Fronteiras de Teatro do Oprimido/a em Ubatuba!

Oficinas, apresentações, rodas de conversa e muita arte fazem parte da programaçao II Encontro Sem Fronteiras de Teatro do Oprimido/a ... thumbnail 1 summary


Oficinas, apresentações, rodas de conversa e muita arte fazem parte da programaçao II Encontro Sem Fronteiras de Teatro do Oprimido/a que acontecerá em Ubatuba de 12 a 15 de novembro. O evento irá reunir artistas, pesquisadores, curiosos e todos aqueles que quiserem conhecer mais sobre essa arte em dias de programacao gratuita e imperdível.



Mais de dez coletivos artísticos com integrantes vindos de diversos estados brasileiros e até de outros países da América Latina. Os grupos irão proporcionar atividades em bairros diferentes da cidade, além de intervenções em pontos centrais. Ao todo serão 10 oficinas, 7 apresentações, duas mesas de debates e muita arte espalhada por Ubatuba!
O evento está sendo organizado por uma rede de parceiros e conta também com apoio da FundArt e da Prefeitura Municipal de Ubatuba por meio da Secretaria Municipal de Educação. Fiquem atentos ao link do evento no Facebook caso haja algumas alterações de horários/locais das atividades.
Sábado (12/11) –  Abertura do Encontro
14:00 Rito de Abertura na Praia do Itaguá :  Um Grande Batizado Mineiro na areia da praia e/ou outras dinâmicas.
16:00 Caminhada pela cidade (pela orla) para promoção do Encontro rumo ao Sobradão do Porto 
17:00 Lançamento do livro Teatro do Oprimido, Raízes e Asas: uma teoria da práxis, de Bárbara Santos. Com fala da própria Bárbara Santos.
17:45 : Roda de conversa com mulheres. Tema: “A arte como ferramenta de transformação e a perspectiva desses trabalhos no contexto político atual, pós impedimento da primeira mulher presidenta eleita no Brasil”
19:30 Peça “Pagú, Maria Bonita e Terezinha: o que existe delas em nós?” (teatro fórum) – PAGÚ PRA VER (São Paulo/SP)
21:00 Maracatu Itaomi convida baques de Ubatuba! 
Domingo (13/11) – Oficinas pelas Comunidades
Aldeia Boa Vista 
14:30 Oficina “Performando o Oprimido” (Jeniffer Francisco – Campinas/SP)
Quilombo de Camburi 
14:30 Oficina “Introdução ao Teatro do Oprimido” (Criação Musical) (Coletivo Garoa – São Paulo/SP)
ONG Gaiato – Bairro Ipiranguinha 
14:30 Oficina “O Corpo Fala” (Fórum) (Armindo Pinto – Salvador/BA)
Projeto NAMASKAR – Bairro Sesmarias 
14:30 Oficina “Introdução ao Teatro do Oprimido” (Imagem) (GTO Tandil, Gina – Argentina)
Blá Blá Blá Positivo – Espasol- Perequê-Açu 
14:30 Intervenção “A Espera” e Oficina “Como você nasceu? – Pensando a violência obstétrica e o parto humanizado a partir dos jogos do teatro do oprimido (Coletivo Moara Teatro das Oprimidas e dos Oprimidos – São Paulo/Santos/ABCD/SP)
Apresentações 
ONG Gaiato – Bairro Ipiranguinha 
19:30 Peça Teatro-Fórum “Pagú, Maria Bonita e Terezinha: o que existe delas em nós?”  (Pagú pra Ver – São Paulo/SP)
Projeto NAMASKAR – Bairro Sesmarias 
19:30 Peça “Panela de Barro” (Tablado de Ó Linda Brasil – Santana de Parnaíba/SP)
Centro (local à definir)
22:00 Peça “Um Morro e Duas Cidades num Planeta Enfermo” (Dramaturgia Rural – Santana de Parnaíba/SP)
Segunda (14/11)  – Sobradão do Porto – Centro
19:30 Mesa de Encerramento “Arte e Cultura como Ferramentas de Luta e Resistência dos Territórios Tradicionais” /Presença de pessoas da Rede e lideranças locais
20:30 Peça-show “Opereta em Construção” (opinião- estética-jornal) – BANDAGAROA – COLETIVO GAROA (São Paulo/SP)
21:30 Baile com o Grupo FANDANGO CAIÇARA de Ubatuba-SP
{Rito de Encerramento}






https://brasildetodomundo.wordpress.com/2016/11/02/programe-se-para-o-ii-encontro-sem-fronteiras-de-teatro-do-oprimidoa-em-ubatuba/

Nenhum comentário

Postar um comentário