.

.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Prefeitura faz reunião com DNIT para acertar duplicação da BR 101

Representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), da Prodec (empresa no ramo de consultoria em engenha... thumbnail 1 summary

Representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), da Prodec (empresa no ramo de consultoria em engenharia) e da construtora Ferreira Guedes se reuniram com o prefeito Délcio José Sato (PSD) e representantes da Prefeitura na manhã de terça-feira, 24, para discutir o processo de duplicação da BR 101 – Rodovia Rio- Santos – trecho que pertence à cidade de Ubatuba.





Serão 9.5 quilômetros de pista duplicada, com previsão para seis faixas – incluindo pista de acesso às marginais e pista principal de ambos os lados, além de ciclofaixas e calçadas. A pista se transformará em uma via contínua, com proposta de velocidade máxima de 80 km/h na via expressa e 40 km/h na marginal.
“O projeto vai trazer mais segurança e conforto para os usuários, além de desafogar o tráfego. Esperamos que os trâmites sejam rápidos para iniciar as obras o quanto antes”, declarou Sato.
Uma das vantagens é a separação do tráfego urbano da rodovia. “A ideia é tirar qualquer tipo de característica urbana da BR 101”, apontou Lúcia Oliveira, representante do DNIT. Outro fator relevante é o aumento da capacidade de tráfego da cidade em época de temporada.

Trâmites

A principal necessidade para o andamento da duplicação é o diálogo em busca de recursos para a contratação da obra, cujo projeto está sendo finalizado. Com seis meses, foram feitos a topografia e desenvolvimento do projeto básico, que é mais detalhado que o anteprojeto apresentado na fase de licitação. “Estamos consolidando o projeto básico para partir para o projeo executivo”, explicou Marcelo Marotta, representante da Prodec.
“Nesse momento, independente da questão de verba a qual acontecerá brevemente, temos que elaborar essa fase bem feita. O DNIT solicitou essa reunião justamente para aproximar do corpo técnico da Prefeitura e nós ainda vamos elencar Elektro, Sabep, DER, todos os atores desta obra vão estar envolvidos na discussão para fechar esse conceito de projeto base. Aí passaremos para o projeto executivo e inicia-se as obras”, acrescentou o secretário de Serviços de Infraestrutura Pública, Pedro Tuzino.

PREFEITURA  DE  UBATUBA SP

Nenhum comentário

Postar um comentário