.

.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Com mais de 100 praias em Ubatuba, Cetesb monitora qualidade das águas de 24; Fortaleza está fora da lista

Segundo a companhia, são executadas ações de prevenção e controle de fontes de poluição ambiental na Fortaleza; Portal Tamoios News r... thumbnail 1 summary


Segundo a companhia, são executadas ações de prevenção e controle de fontes de poluição ambiental na Fortaleza; Portal Tamoios News recebeu denúncias de qualidade de duas praias em Ubatuba
Por Raell Nunes, de Ubatuba
Ubatuba consolida-se como uma cidade turística que atrai mais de 1 milhão de visitantes na alta temporada. Os visitantes vêm em busca do que a cidade tem de mais interessante: as praias, que são mais de 100. No entanto, apenas 24 têm monitoramento na qualidade e balneabilidade das águas realizado semanalmente pela Cetesb  (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).


 
Existem 26 pontos de amostragem para fiscalizar a qualidade do mar, sendo que no Itaguá e na Lagoinha há dois locais. Além destes locais de monitoramento, também são fiscalizadas sete praias vinculadas à Ilha Anchieta. Todavia, uma das praias mais bonitas e visitadas de Ubatuba, a Fortaleza, não é supervisionada pela Cetesb. A Praia Brava, também muito frequentada, não é inspecionada.
Segundo a Cetesb, a avaliação da qualidade nas águas das praias do litoral paulista é realizada em 172 zonas de amostragem, distribuídas em 156 praias, com frequência semanal. A seleção das praias contempladas pelo programa de balneabilidade da Companhia Ambiental leva em consideração fatores, tais como a frequência de banhistas, a fisiografia da praia e os riscos de poluição que possam existir – adensamentos urbanos sem infraestrutura de esgoto sanitário.






Denúncia –  O Tamoios News recebeu uma denúncia referente às praias Brava e Fortaleza, que ficam ao Sul de Ubatuba. Conforme queixa, no final da tarde, com maré alta, havia lixo nas águas do mar, incluindo comida, sacolas plásticas e até cabides. Diante do acontecido, turistas revindicam monitoramento na qualidade e balneabilidade das praias. Até um abaixo-assinado virtual foi criado.
Ao Tamoios News, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo disse que embora a Praia da Fortaleza não faça parte da rede de balneabilidade da Cetesb, a Agência Ambiental de São Sebastião é responsável pela fiscalização do município de Ubatuba.
Segundo informou, são executadas ações de prevenção e controle de fontes de poluição ambiental que atinjam os recursos naturais, além do atendimento de denúncias da população.
A reportagem tentou contato com a Secretaria de Meio Ambiente de Ubatuba, mas não obteve retorno até o fechamento.

Nenhum comentário

Postar um comentário