.

.

domingo, 16 de abril de 2017

Mulheres na obra: equipe pretende construir igreja durante 50 dias

Todos os operários da construção são voluntários; 70% são do sexo feminino Por Raell Nunes,para   Tamoios News ,  de Ubatuba Uma co... thumbnail 1 summary

Todos os operários da construção são voluntários; 70% são do sexo feminino

Por Raell Nunes,para   Tamoios News ,  de Ubatuba
Uma construção em andamento no bairro Perequê-Mirim, região sul de Ubatuba, vem chamando a atenção da população. Isso porque na obra há mais mulheres trabalhando do que homens – algo que não é muito comum.

 


Elas fazem o serviço braçal, dão palpite, manejam equipamentos e só param para fazer um lanche. Segundo os responsáveis pela construção, cerca de 70% dos trabalhadores são do sexo feminino.
A obra começou no dia 18 de março deste ano e, a partir da data inicial, tem 50 dias para ser concluída. Pretende-se inaugurar uma igreja da religião Testemunhas de Jeová. O local terá espaço para acomodar 75 pessoas sentadas.


Outra parte interessante desta história é que todos os operários são voluntários e vêm de diferentes regiões do país para contribuir. Há um revezamento na equipe. Algumas pessoas ficam trabalhando os 50 dias, outras uma semana e há integrantes que ficam apenas um dia.
Segundo o mestre da obra, André Pedrini, que veio de Tremembé (SP), ao mesmo tempo que se está levantando a estrutura da igreja no Perequê-Mirim, existem 27 edificações em andamento por todo o Brasil.
Mulheres na obra – Elas trabalham duro, mas não deixam o sorriso e o bom humor de lado. Jovens e até mesmo idosas pegam um bloco ou ajeitam a massa. As mulheres se encorajam para executar um trabalho para benefício próprio e dos demais.
“Somos voluntárias temporárias. Esta é a segunda obra que estou. Terminamos uma e já vamos para outra”, disse Aline Rocha, 27 anos, que mora em Jacupiranga (SP).
Questionada sobre a curiosidade das pessoas que passam e visualizam mulheres no serviço pesado, ela afirmou que o objetivo por trás de tudo é engrandecer Deus. “O amor dos irmãos e o coletivo vencem qualquer preconceito”, acrescentou.
Elas constantemente dizem acreditar no coletivo. Isabel Cristina, 43 anos, fez um depoimento para comprovar essa tese. Ela veio com mais 15 voluntários de Campos do Jordão (SP) para ficar um dia e ajudar a equipe.
“Minha profissão é de diarista. Já na obra, eu faço de tudo. É uma grande honra estar aqui com meus irmãos”, falou.

Testemunhas de Jeová
As Testemunhas de Jeová são uma religião cristã, que tem como base de seus ensinamentos a bíblia. Há adeptos em diversos países pelo mundo e, segundo informam, mais de 8 milhões de praticantes.
Eles são conhecidos pela intensidade de suas atuações em prol da pregação da palavra de Jesus Cristo. Testemunhas de Jeová são conhecidas, também, por ditar os ensinamentos bíblicos de casa em casa, ruas e lugares públicos.

Nenhum comentário

Postar um comentário