.

.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Defesa Civil realiza primeiro encontro do Compdec

Na tarde da última segunda-feira, 19, representantes de diversos setores da Prefeitura de Ubatuba, juntamente com militares e voluntá... thumbnail 1 summary




Na tarde da última segunda-feira, 19, representantes de diversos setores da Prefeitura de Ubatuba, juntamente com militares e voluntários se reuniram no Teatro Municipal para participar da primeira reunião do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) de Ubatuba.


 


Os 27 participantes ouviram atentamente as palavras do Coordenador da Defesa Civil de Ubatuba, Guaraçay dos Santos, que abordou aspectos históricos, conceituais e de formação da Defesa Civil.
Foi passado um vídeo sobre a tragédia que aconteceu no Rio de Janeiro, em 2011, para demonstrar a importância dos voluntários e do trabalho organizado do Conselho Municipal.
Santos abordou o papel de cada grupo de atuação da Compdec, de acordo com o decreto 6605.
“Nosso objetivo hoje foi chamar a atenção de vocês para que cada um saiba seu papel no momento em que emitirmos o alerta. Peço que as secretarias estejam preparadas para atender ao chamado”, reforçou.
Ele também comentou sobre o investimento na capacitação, tanto do efetivo da Defesa Civil, como para os voluntários, destacando que Ubatuba foi a primeira cidade a se preocupar em promover instruções às pessoas que se disponibilizaram a colaborar em eventual necessidade.

 Panorama

Santos ainda fez um panorama da situação como encontrou a Defesa Civil, do que vem sendo feito e da estrutura que pretende alcançar. Comentou que atualmente, o efetivo é restrito, com apenas 10 homens, que trabalham em turno de 24 horas, e três operacionais
“Na última temporada de chuvas, período que vai de dezembro a março, choveu 223 mm só no Ipiranguinha, sendo que o limite de Ubatuba é 100 mm. Fazendo um balanço, choveu mais que em Caraguatatuba. Minha preocupação é com o efetivo restrito”, afirmou Santos.
Ele acrescentou, comentando que “Ubatuba possui 22 pluviômetros automáticos e sete semi-automaticos; juntamente com o monitoramento desses equipamentos, ficamos alerta e fazemos todo o trabalho de prevenção e monitoramento nas áreas de risco. Essas áreas são, principalmente, as áreas de encosta, onde há muitas pessoas e cada vez mais, registra-se o crescimento da população nesses locais.”

 Planejamento

Além de melhorar as condições físicas e de atuação da defesa Civil e capacitar seu efetivo, o coordenador destacou que outro objetivo é a criação do “bombeiro civil municipal”.
Santos sugeriu que as reuniões sejam trimestrais e ressaltou que o trabalho preventivo já está sendo feito antecipadamente, pois a equipe está se preparando muito antes da próxima temporada de chuvas.
O vice-prefeito e secretário de Cidadania e Desenvolvimento Social, Jurandir Oliveira Veloso – “Pelé”, disse que a secretaria está à disposição da Defesa Civil para o que for necessário. Ele também agradeceu a presença de todos, reconhecendo a importância da reunião.
O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Agnelo Cinel, disse que se sente grato e honrado pelo trabalho que vem sendo feito. “O mundo está repleto de problemas sérios e achamos que em Ubatuba, situações como estas nunca irão acontecer. Porém, temos que ficar atentos e preparados para qualquer situação”, concluiu.


https://www.ubatuba.sp.gov.br/mais-noticias/defesa-civil-de-ubatuba-realiza-primeiro-encontro-da-compdec/

Nenhum comentário

Postar um comentário