.

.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Exibição de documentário sobre comunidade caiçara de Ubatuba será na Festa de São Pedro Pescador

O documentário “Filhos do Mar, a comunidade caiçara de Ubatuba”, que foi produzido por alunos do curso de jornalismo da Pontifícia Univ... thumbnail 1 summary



O documentário “Filhos do Mar, a comunidade caiçara de Ubatuba”, que foi produzido por alunos do curso de jornalismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC) como trabalho de conclusão de curso, será exibido na cidade dentro da programação da 94ª Festa de São Pedro Pescador.





A exibição da obra cinematográfica será no dia primeiro de julho, às 18h, no Sobradão do Porto, localizado na Praça Anchieta, n° 38, rua Balthazar Fontes, Centro. Com isso, pretende-se propagar e fomentar ainda mais a cultura do município.
Segundo os estudantes que elaboraram a produção, a ideia surgiu quando um dos integrantes do Projeto Experimental participou de uma oficina caiçara em 2013, no litoral paulista. Quando a temática foi compartilhada, os outros integrantes do grupo se interessaram e começou um processo de pesquisa.
Depois de uma procura incessante e muitos estudos, foi constado que Ubatuba é uma das regiões do litoral de São Paulo com um dos maiores índices de preservação da cultura caiçara no Brasil – destacando-se a manutenção de hábitos como a pesca artesanal, a construção de canoas, a agricultura e a realização de festas tradicionais.
Contudo, o documentário tem como foco principal a cultura caiçara, sendo que pretende-se retratar o cenário atual que o caiçara se encontra. Assim, expondo as adversidades e as medidas para a manutenção e preservação da comunidade tradicional. As imagens também têm a intenção de revelar o que está sendo feito para que a cultura não desapareça e perda suas raízes.
 ​
​​Veja os nomes de quem produziu o documentário:

Gabriel Furlan – direção, fotos, produção e texto
Isabela Rodrigues – direção, produção e texto
Paula Carriel – direção, produção e texto
Rafaela Rodrigues – direção, produção e texto
Gustavo Bô – imagens e edição 


FONTE.............FUNDART  UBATUBA 

Nenhum comentário

Postar um comentário