.

.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Experimental de Dança de Ubatuba é convidada para participar do maior Festival de Dança do Mundo

Imagem  Arquivo  Blog Acontece em Ubatuba SP Por: Da Redação Jornal  A Cidade  Ubatuba e Região metropolitana ... thumbnail 1 summary









Imagem  Arquivo  Blog Acontece em Ubatuba SP



Por: Da Redação Jornal  A Cidade  Ubatuba e Região metropolitana


3 de Junho de 2017 às 08:00


A Experimental de Dança de Ubatuba foi selecionada para a Mostra Competitiva do Festival de Dança de Joinville, considerado o maior festival de dança do mundo. 




A academia de dança representará Ubatuba na 35ª edição do festival com a coreografia "Beatlemania", conjunto júnior de Jazz, da coreógrafa Brisa Diamante. É a primeira vez que um grupo de Ubatuba é selecionado para a Mostra Competitiva do maior Festival de Dança do Mundo.
O trabalho foi selecionado entre as 3.226 coreografias que foram inscritas neste ano, em número recorde, com a seleção e curadoria artística formada pelas especialistas em dança Ana Botafogo, Mônica Mion e Thereza Rocha.
Na mesma edição, a Experimental de Dança de Ubatuba foi aprovada com a coreografia "L'Amour", conjunto júnior de Balé Neoclássico, da coreógrafa Saloly Furtado, para se apresentar nos Palcos Abertos da cidade, montado durante a programação do Festival.
Dos 25 bailarinos da Experimental de Dança de Ubatuba que estarão no Festival de Dança de Joinville, 10 são bolsistas do Projeto Social Sonhos Dançantes, mantido pela escola. São adolescentes entre 13 e 15 anos, vindos de comunidades carentes de Ubatuba, que têm sua formação em dança garantida pela Experimental, com aulas de Ballet Clássico, Jazz e Danças Urbanas. Além das aulas, os bolsistas participam gratuitamente de diversas atividades propostas pela escola, que contribuem para a sua formação como artistas da dança.
O Festival de Dança de Joinville, que ocorre de 18 a 29 de julho, terá na Mostra Competitiva, que acontece no palco principal do Centreventos Cau Hansen, 212 trabalhos de 11 estados brasileiros e um do Distrito Federal. Uma coreografia do Paraguai também está entre as aprovadas totalizando 133 grupos selecionados.
"Eu já tive a oportunidade de participar do Festival de Dança de Joinville como bailarina e como coreógrafa, por muito anos, inclusive com premiações. Mas dessa vez é diferente, pois é a minha escola que estará naquele palco mágico. Ver a Experimental já estará inserida nesse evento tão grandioso, com menos de dois anos de existência, me deixa muito emocionada. Os bailarinos vão viver um dos momentos mais inesquecíveis de suas vidas. Vai ser muito especial.", ressalta Brisa Diamante, Diretora da Experimental.
Para os Palcos Abertos, as apresentações acontecem em espaços alternativos de Joinville, sem o caráter competitivo, a curadoria artística elegeu 471 grupos vindos de 17 estados, do Distrito Federal e outros três países. A Experimental de Dança de Ubatuba é a única representante de todo o Litoral Norte Paulista.
"Estamos muito felizes em poder proporcionar essa vivência valiosa aos nossos bailarinos. É um Festival que estimula o crescimento do artista, pelo alto nível técnico dos grupos que participam e pela diversidade de atividades educativas e de formação que oferece", enfatiza Saloly Furtado, Diretora da Experimental.
O Festival é considerado o maior evento de dança do mundo pelo livro dos recordes, Guiness Book, desde 2005.  É uma grande vitrine onde a arte da dança é, de fato, reconhecida. Além das apresentações de dança, o evento engloba a realização de cursos e oficinas com fins de aperfeiçoamento profissional, workshops gratuitos para os coreógrafos inscritos no evento, seminários de dança, projetos comunitários, palestras, debates, entre outras ações.
 Mantido com o apoio de patrocinadores e promovido pelo Instituto Festival de Dança de Joinville, o evento reúne mais de seis mil participantes diretos e atrai público superior a 200 mil pessoas.
Sobre o projeto Sonhos Dançantes
O objetivo da Experimental de Dança de Ubatuba é oferecer uma nova perspectiva de vida e de carreira para crianças e adolescentes, por meio da dança. E foi essa a razão para a criação do Projeto Social Sonhos Dançantes. Envolvidos com a dança por meio do Projeto, esses jovens têm a possibilidade de desenvolver inúmeras habilidades, dentro do leque de profissões que a dança contempla, como a de bailarino profissional, coreógrafo, professor, ensaiador, figurinista, iluminador de dança, produtor, chefe de palco, diretor artístico, entre outras. Além disso, o tempo ocioso a que estariam sujeitos é suprido pela arte da dança, comprovadamente uma das ferramentas mais importantes no desenvolvimento social do indivíduo.
Sobre a Experimental de Dança de Ubatuba

Inaugurada em setembro de 2015, em Ubatuba, sob a direção de Brisa Diamante e Saloly Furtado, a Experimental de Dança de Ubatuba tem como missão oferecer uma formação completa em dança e ser referência como um espaço de transformação, por meio da arte, com aulas de Ballet Clássico, Jazz Dance, Danças Urbanas, Sapateado, Pilates, Flexibilidade e Canto. Há turmas para crianças (a partir de 3 anos), jovens e adultos, em diferentes níveis. A escola vem se destacando no cenário nacional da dança, com um trabalho de excelência técnica e artística, fazendo Ubatuba ser reconhecida como um forte polo da dança.
Serviço
Festival de Dança de Joinville
De 18 a 29 de julho de 2017

Nenhum comentário

Postar um comentário