.

.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Ubatuba na Flip: artistas caiçaras compõem a Festa Literária Internacional de Paraty

Ubatuba representará a cultura caiçara; grupos tradicionais também se apresentam Representando Ubatuba e expondo o modo de viver cai... thumbnail 1 summary




Ubatuba representará a cultura caiçara; grupos tradicionais também se apresentam

Representando Ubatuba e expondo o modo de viver caiçara, artistas, escritores, músicos e documentaristas, por meio de uma parceria entre Prefeitura Municipal e Silo Cultural, irão apresentar seus trabalhos na Festa Literária Internacional de Paraty (RJ), a famosa Flip.





As apresentações pretendem compor a programação da Casa Ruth Guimarães entre os dias 27 a 30 de julho deste ano. O contexto faz parte do projeto “Assim na Serra como no Mar”, idealizado em 2011, com o intuito de criar laços entre a cultura das cidades do litoral, cultura caiçara e caipira.
Em 2017, a cidade de Ubatuba será a representante da cultura caiçara em contraponto com Cachoeira Paulista, cidade do Vale do Paraíba, onde nasceu a escritora Ruth Guimarães.

Cinema caiçara
Durante as manhãs dos dias 28, 29 e 30, enquanto a Casa Ruth Guimarães segue aberta com uma exposição sobre a vida da escritora, Ubatuba se faz presente por meio do cinema documental.
Os filmes “Caiçaras, às margens do Brasil”, de Guilherme Rodrigues, “Filhos do Mar”, de Gabriel Furlan, Isabela Rodrigues, Paula Carriel e Rafaela Rodrigues e “Ubatuba, um mar de memórias”, de Felipe Scapino serão exibidos para o público livre.

Música, arte e tradição
Durante o evento, atores e atrizes de Ubatuba irão apresentar leituras dramáticas de diversos autores da literatura brasileira e mundial. Em breve, a programação completa dessas atividades será divulgada.
No sábado de manhã, às 11h, o grupo de palhaços “Pintando o 7” apresenta um espetáculo  às crianças pequenas e grandes que estiverem no local.
O grupo Fandango Caiçara de Ubatuba, que agrega uma rica e diversa união de mestres e aprendizes que divulgam e promovem a cultura tradicional da cidade, irão se apresentar no sábado, dia 29 de julho, às 20h, na sede do Silo Cultural. O baile de fandango promete animar o encerramento do dia, que será totalmente dedicado a Ubatuba.
A Banda Lira Padre Anchieta, grupo instrumental tradicional com mais de cinquenta anos de formação irá acompanhar os autores da Flipinha – setor voltado à literatura infantil da Flip – em um cortejo pelo centro histórico de Paraty no domingo, dia 30 de julho, às 13h30.

“Ilhas Literárias”
O projeto “Ilhas Literárias”, organizado por Pedro Gontijo, irá promover uma roda de conversa com escritores de Ubatuba, com a participação de Joaquim Maria Botelho, crítico de literatura e filho da escritora homenageada.
Além disso, haverá um varal que vai expor alguns textos que já fazem parte dessa iniciativa. A roda será realizada no dia 29 de julho, das 16h às 17h30 no Silo Cultural localizado no Centro Histórico de Paraty.

FUNDART 

Nenhum comentário

Postar um comentário