.

.

domingo, 15 de abril de 2018

Fotógrafa de Ubatuba reaproveita lixo para montar cenários criativos para ensaios

Uma fotógrafa de Ubatuba (SP) reaproveita lixo reciclável e restos de construção para criar cenários e compor os ensaios que faz. A id... thumbnail 1 summary

Uma fotógrafa de Ubatuba (SP) reaproveita lixo reciclável e restos de construção para criar cenários e compor os ensaios que faz. A ideia de construir ambientes criativos por meio do reaproveitamento de materiais, segundo ela, tem chamado a atenção nas redes sociais. O tema do último ensaio criado pela profissional foi 'Anos 60'. (veja imagem acima)


Para elaborar o cenário, que conta com máquina de som e estantes, ela reaproveitou caixas de feiras, e molduras de quadros no estilo retrô, que foram achadas no lixo e tiveram as gravuras trocadas. A mala vermelha também foi encontrada no lixo e reformada. A TV, segundo ela descartada por uma empresa de auto elétrica, foi recolhida e pintada de rosa.
Ana Paula Bernardes fotografa nesse estilo há dois anos. Ela contou que antes 'montava' cenários com fundo digital, mas que depois que começou a trabalhar com reaproveitamento muita gente passou a procurá-la. "As pessoas gostam, já veio gente de Caçapava e de outros lugares do Vale do Paraíba por causa desse diferencial", disse.
A dona de casa Virgínia Balestra contou que fez 5 ensaios com a fotógrafa, sendo o último em homenagem ao dia das mães. "Os cenários são divertidos, as crianças adoram porque podem pegar e brincar com os objetos", falou.
Lixo e restos de construção reaproveitados compõem ensaios de fotógrafa de Ubatuba  (Foto: Ana Paula Bernardes)Lixo e restos de construção reaproveitados compõem ensaios de fotógrafa de Ubatuba  (Foto: Ana Paula Bernardes)Lixo e restos de construção reaproveitados compõem ensaios de fotógrafa de Ubatuba (Foto: Ana Paula Bernardes)





"Eu fiquei afastado e não sabia o que fazer, queria ajudá-la e acabei descobrindo esse dom", disse.







O responsável por transformar lixo em arte é o marido de Ana Paula, Douglas Rodrigues. Ele começou a ajudar a esposa após sofrer um acidente de trabalho 

Janelas ao fundo são de resto de construção (Foto: Arquivo pessoal)




Janelas ao fundo são de resto de construção (Foto: Arquivo pessoal)



A maioria dos materiais reaproveitados são recolhidos do lixo ou da rua. "Ele recicla, transforma e pinta", contou a fotógrafa. Além de recicláveis e eletrônicos velhos, Rodrigues também resgata entulhos, como resto de construções, para elaborar os cenários criativos.


Nenhum comentário

Postar um comentário