.

.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

CMDCA e Fundac apresentam balanço do Projeto “Costurando a Rede”

FONTE....PMU O Grupo Articulador do projeto Costurando a Rede realizou, na noite da quarta-feira, 20, na Câmara Municipal de Ubatub... thumbnail 1 summary




FONTE....PMU

O Grupo Articulador do projeto Costurando a Rede realizou, na noite da quarta-feira, 20, na Câmara Municipal de Ubatuba, a apresentação do balanço de atividades realizadas no primeiro semestre de 2018.






Na ocasião, participaram o vice-prefeito e secretário de Cidadania e Desenvolvimento Social de Ubatuba, Jurandir de Oliveira Veloso, a promotora da Vara da Infância e Juventude de Ubatuba, Carolina Anson, o presidente da Fundac, Paulo Márcio Prado, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ubatuba, Sandra Sato e o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ubatuba, Rodrigo Lemos.
Idealizado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Ubatuba e pela Fundação da Criança e do Adolescente de Ubatuba (Fundac), o projeto teve origem em um diagnóstico que levantou dados e informações sobre serviços e vulnerabilidades na rede de atendimento à criança e ao adolescente do município.
“Essa pesquisa resultou na construção de um projeto de capacitação de todos os agentes envolvidos que atuam direta ou indiretamente nessa rede”, explicou Paulo Marcio Prado, presidente da Fundac. “Todas essas ações são gratuitas e abertas a profissionais e população interessados em participar das discussões e colaborar com a rede de proteção”, acrescentou.
Os conteúdos das capacitações incluem temas como as Políticas Públicas e o Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA), o Sistema Único de Saúde (SUS) e o Sistema Único da Assistência Social (SUAS), papel do Conselho Tutelar, cultura de paz para a mediação de conflitos, violência doméstica e sexual de crianças e adolescentes e uso e abuso de substâncias psicoativas.
Participam das reuniões e formações semanais agentes de todas as áreas do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, como Saúde, Assistência Social, Educação, Judiciário, Conselho Tutelar, além de organizações da sociedade civil. O objetivo principal é a articulação dessas pessoas para realizar o trabalho de atendimento à criança e ao adolescente de forma integrada e harmônica, oferecendo serviços que respeitem os direitos dos atendidos, dando encaminhamento aos casos e promovendo o real desenvolvimento social e inclusivo deles.
Até o momento, foram realizados um total de nove encontros com capacitações, oficinas de trabalho e compartilhamento de experiências regionais. Mais de 100 pessoas participaram, com uma frequência média de 40 pessoas em cada atividade.
O projeto contempla ainda a definição de fluxos e protocolos de atendimento e a construção de um Guia de Serviços para a população e profissionais da área, com a finalidade de padronizar a recepção e encaminhamento de casos. “Esse guia auxiliará também na identificação de suspeitas de violência e vulnerabilidades, orientando o munícipe e/ou o profissional em como proceder em determinadas situações”, reforçou Prado.

Mais informações podem ser obtidas na página internet  https://www.portalplanusdobrasil.com/portfolio-ubatuba ou junto à Fundac, pelo telefone (12) 3833-9119.
Costurando Redes (2)

Nenhum comentário

Postar um comentário