.

.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

FundArt fará homenagem ao mestre caiçara, Orlando Antonio de Oliveira

Quando tomou posse na academia brasileira de letras, Guimarães Rosa disse a célebre frase: “As pessoas não morrem, ficam encantadas”.... thumbnail 1 summary


Quando tomou posse na academia brasileira de letras, Guimarães Rosa disse a célebre frase: “As pessoas não morrem, ficam encantadas”.  Mestre Orlando (1933-2016), assim como o famoso escritor, se encantou, mas deixou um legado de talento e tradição para Ubatuba.




Durante décadas de sua vida, se dedicou a preservação e disseminação de diversas manifestações culturais na cidade de Ubatuba, como: Folia do Divino Espírito Santo, Folia de Reis e o fandango caiçara, através de festas, bailes, cantando, tocando e ensinando a dançar.
Sua trajetória envolve apresentações em diversos eventos, programas de tv e rádio, diversos projetos desenvolvidos na região do Vale do Paraíba, Litoral Norte de São Paulo e Baixada Fluminense, além de representações no Revelando SP. Mestre Orlando participou também do Programa de Inezita Barroso “Viola, Minha Viola”. Como grande compositor que era, Mestre Orlando deixou mais de 50 músicas, entre elas: canoas, folias, xiba e cirandas.
Em cada canção entoada, lembraremos do seu talento e de sua magnífica contribuição para o fortalecimento da tão rica cultura caiçara.  Sua trajetória o torna merecedor de todas as homenagens possíveis a um artista, um mestre, um grande ser humano…
Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais a FundArt decidiu homenagear Mestre Orlando (in memoriam) durante a 95º Festa de São Pedro Pescador de Ubatuba. Um pequeno agradecimento para quem, assim como nós, viveu de arte e se ascendeu como a estrela que foi em terra.
A homenagem acontecerá na abertura oficial do evento, na próxima quarta-feira, 27 de junho, às 20h, seguida da apresentação do grupo “Xiba e Fandango Mestre Orlando”, coordenado por seu neto, Luciano dos Santos de Oliveira.

FONTE.....FUNDART UBATUBA

Nenhum comentário

Postar um comentário